MAIS FACILIDADE

Faça sua reserva e retire na loja.

MAIS VANTAGENS

Cobrimos qualquer orçamento.

FRETE GRÁTIS

Na região - Consulte!

Veja dicas para resolver problemas de fissuras, trincas e rachaduras

Veja dicas para resolver problemas de fissuras, trincas e rachaduras

As aberturas nas paredes precisam ser analisadas com cuidado, porque podem apresentar níveis diferentes de riscos para as construções

Você sabe a diferença entre fissuras, trincas e rachaduras? Elas podem aparecer com frequência nas paredes, mas precisam ser analisadas de maneiras diferentes, por conta dos perigos que podem levar às construções. As fissuras são aberturas de até 0,5 mm, que atingem apenas a superfície, chegando, no máximo, até o revestimento e a pintura. Por isso, elas não apresentam um risco e, geralmente, são eliminadas por questões estéticas e pela chance de aumentarem com o tempo.

Já as trincas e rachaduras são mais preocupantes e exigem a análise por parte de um profissional. As trincas vão de 0,5 mm a 1,0 mm e atingem a alvenaria. Caso cheguem até a laje, vigas e pilares são consideradas alarmantes. O mesmo acontece com as rachaduras, que são profundas e podem ser uma brecha para a entrada de vento, água e luz, precisando de reparo urgente.

Os três tipos representam um alívio de tensão entre duas partes da construção e, por isso, é importante estar sempre atento, para que o problema possa ser identificado o mais rápido possível, sem causar transtornos. Feita a análise, pode ser uma questão simples de ser resolvida. A dica PINTA MUNDI TINTAS é para que você sempre procure um pintor profissional quando precisar realizar trabalhos em casa.

E, para os pintores, a PINTA MUNDI TINTAS disponibiliza, frequentemente, cursos gratuitos para sua atualização. Inclusive, veja a seguir dicas do que pode ser feito em situações de fissuras, trincas e rachaduras:

1º Passo
Antes de tudo, é importante organizar o local. Caso o trabalho seja feito em um ambiente interno, é necessário proteger os móveis com plásticos ou panos. O piso – também dos ambientes externos – deve ser forrado com jornal ou plástico.

2º Passo
Começando a mexer, de fato, no problema, é importante ter uma chave de fenda e um pincel em mãos. Com a primeira ferramenta, você deverá abrir um pouco mais a fissura, a trinca ou a rachadura, para que a massa corrida possa ser assentada. Depois, o espaço que foi aberto deve ser limpo com um pincel seco.

3º Passo
Fazendo a função de “base”, a massa corrida deve deixar a parede bem lisa. Por isso, é importante contar com um produto de qualidade, como a massa corrida da Coral (www.coral.com.br/pt/produtos/massa-corrida). Para esse processo, será necessário fazer o uso de uma desempenadeira, que você pode encontrar nas lojas PINTA MUNDI TINTAS, além de conhecer os modelos disponíveis no site (pintamundi.com.br/conteudo/produtos). Nela, será colocada a quantia de massa necessária para aquela parte da parede, facilitando o uso.

O número de camadas dependerá do tamanho da abertura da parede e o preenchimento deve ser feito com o auxílio de uma espátula, que também pode ser encontrada em uma unidade da PINTA MUNDI TINTAS. Cada camada deve ser aplicada em um intervalo de 15 a 30 minutos, sempre lixando para tirar as principais imperfeições, e a última camada de massa precisa ser bem fina.

4º Passo
Após terminar a aplicação de todas as camadas de massa corrida, é necessário esperar até o dia seguinte, para que ela fique bem seca e não tenha riscos de estragar o trabalho já feito. Com a parede nessas condições, você vai precisar lixar toda a área que recebeu a massa corrida, para que ela fique por igual e sem depressões.

No Blog da PINTA MUNDI TINTAS, você tem dicas de como lixar corretamente uma parede e quais lixas usar em cada um das situações (pintamundi.com.br/conteudo/artigo/Dicas_para_lixar_paredes_corretamente_17).

5º Passo
A umidade pode ser um dos maiores inimigos das paredes. E as fissuras, trincas e rachaduras, que surgem com o tempo, podem facilitar que a umidade aconteça. Por isso, é importante passar um impermeabilizante, antes da pintura. Um produto indicado pela qualidade é o Suvinil Suviflex (https://www.suvinil.com.br/produtos/suvinil-suviflex). Além de proteger a parede, ele faz o trabalho de selagem, o que aumenta o rendimento da tinta.

6º Passo
Depois de seguir todas as recomendações anteriores, é chegada a hora da pintura. Dependendo do tamanho dos problemas que foram resolvidos, pode ser necessária a pintura inteira do espaço ou somente dos locais em que tinham sido atingidos.

Para saber quais pincéis serão necessários para o trabalho, você pode consultar o Blog da PINTA MUNDI TINTAS (pintamundi.com.br/conteudo/artigo/Pintura_de_paredes:_saiba_qual_a_diferen%C3%A7a_entre_pintar_com_o_rolo_e_o_pincel_151).

Na hora de escolher a cor, os clientes encontram uma grande diversidade nas lojas da PINTA MUNDI TINTAS, principalmente por conta do sistema tintométrico, que aumenta ainda mais o catálogo de opções.

Deixe seu comentário clicando aqui

Deixe seu comentário!

As melhores marcas em um só lugar!

CADASTRE-SE

Receba nossas promoções e novidades por e-mail!

Siga-nos

Criado por ContactoNET